Palavra do Provedor

‘‘Hoje vejo a Santa Casa mais aberta ao povo e o povo confiando no trabalho da gente. A pressão é enorme e sempre coloco Deus em primeiro lugar. Acredito que sou abençoado com esse trabalho de voluntário. E o que eu posso fazer é lutar constantemente e contar com a população, autoridades municipais, estaduais e federais, e através de todos vocês estamos conseguindo alterar os problemas do caminho. Temos muitos projetos para aumentar a renda da Santa Casa e aos poucos vamos conseguir mudar o déficit mensal. As verbas públicas estão ajudando, mas é um trabalho que temos de envolver a população. A Santa Casa não tem dono, é de todos’’.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *